2019
25, 26 e 27 de Outubro 2019
Rua Angá, 994 - Vila Formosa
São Paulo - SP
Encontro Latino-Americano de Ayurveda
Faltam:
SOBRE O ELAA

O propósito do ELAA é celebrar e compartilhar o conhecimento milenar do Ayurveda entre profissionais, médicos, terapeutas, professores, especialistas e todos os interessados em saúde e qualidade de Vida, promovendo o intercâmbio e a difusão destes saberes entre países da América Latina e Índia.

O encontro traz a oportunidade única de estarmos durante três dias juntos a notáveis especialistas nacionais e internacionais, que compartilharão seus saberes para a prática do Ayurveda com responsabilidade e respeito à tradição.

Nesta edição o diálogo novamente se expande aos conhecimentos da Medicina Tradicional Indígena e dos Saberes Quilombolas, tecendo caminhos para fomentar a pesquisa, o diálogo e o uso de recursos locais para a prática do Ayurveda na América Latina.

Além do Congresso, que oferece uma programação completa com palestras, mesas redondas, meditações e apresentações culturais, teremos uma FEIRA AYURVÉDICA com diversos expositores de produtos naturais para saúde e bem estar e um FESTIVAL GASTRONÔMICO VEGETARIANO/VEGANO com alimentos preparados diariamente com ingredientes da melhor qualidade. A entrada para feira festival são GRATUITAS e abertas a todo interessado em conhecer, usufruir, estudar e praticar Ayurveda e re-conhecer os saberes e práticas de nossos povos.

Garanta agora seu passaporte para o Congresso, as vagas são limitadas.

Namaste.
PROGRAMAÇÃO
* A programação pode sofrer alterações sem aviso prévio para melhor beneficio do evento.
SEXTA (25/10/19) :

09h00 - Abertura do Credenciamento

11h00 - Abertura dos Stands de Exibição de Produtos / Vendas da Feira Ayurvédica

12h00 - Abertura da Praça de Alimentação do Festival Gastronômico VeggieVeg

14h00 - Abertura Oficial
Acendimento da Lamparina pelo Cônsul Geral da Índia Sr. Amit Kumar Mishrae Pajé

15h00 - Silvana Duarte (Brasil)
O que a arte da Índia tem a nos ensinar

16h00 - Rafaela Vargas (Brasil)
Shamanismo Feminino na Amazônia

17h00 - Puja Kaushik (Índia)
Médicos da Índia antiga e o desenvolvimento do Ayurveda

18h00 - Apresentação Cultural
Exibição do documentário “Ayurveda, a Cura Possível” e apresentação musical de Drica Ribeiro & Eileen Cairoli


SÁBADO (26/10/19) :

08h00 - Prática de Meditação com Sahaja Renata

09h00 - Simone Takuá (Brasil)
Saberes Indígenas: Ciclos femininos

10h00 - Luiza Hiromi Tanaka (Brasil)
Essência e vivência em mindfulness e compaixão para a saúde

11h00 - Marcelo Fortaleza Flores (Brasil)
O que os Povos Indígenas tem a nos ensinar

12h00 às 13h00 - PAUSA PARA ALMOÇO

13h00 - Mesa Redonda
Medicinas ancestrais e moderna – Possibilidades de diálogos e pontos de convergência
com Dr. Paul Hersch Martínez, Dr. José Martins Medeiros Jr, Dr. Douglas Rodrigue e Simone Takuá – Moderação: Margarete Mota

14h00 - Vitoria Falcão
Nutrição e Atividade Mental

15h00 às 15h30 - INTERVALO

15h30 - Dr. Paul Hersch Martínez (Mexico)
Algumas experiências em torno da dinâmica entre o conhecimento médico no México e seu papel na saúde pública

16h30 - Dr. Jeevan Jose (Índia)
Panchakarma – A Terapia de bio purificação do Ayurveda

18h00 - Dr. Sérgio Felipe de Oliveira (Brasil)
Chakras e a Glândula Pineal

19h30 - Apresentação Cultural -
Exibição do Documentário "Trópico da Saudade" de Marcelo Flores



DOMINGO (27/10/19) :

08h00 - Prática de Yoga com Regiane Wagner

09h00 - Eliana Rodrigues (Brasil)
Medicamentos Tradicionais no Brasil – Alguns exemplos de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento

10h00 - Dra. Heloisa Franchi (Brasil)
Ayurveda para mulheres no climatério e menopausa no Hospital do Servidor Público Municipal - SP

11h00 - Varsha R. Solanki (Índia)
Farmacologia Ayurvédica

12h00 às 13h00 - PAUSA PARA ALMOÇO

13h00 - Apresentações de trabalhos científicos em Ayurveda

14h00 - Nininha Lacombe (Brasil)
O seu equilíbrio pode estar na simplicidade – O que o Ayurveda nos ensina

15h00 às 15h30 - INTERVALO

15h30 - Dr. Ricardo Balsimelli
Ayurveda e Doenças Crônico Degenerativas

16h30 - Dra. Sofia Mendonça
Diálogos entre saberes e sistemas de cura

18h00 - ENCERRAMENTO - Apresentação Cultural
Celebração do Diwali (Festival das Luzes) com apresentação de Bharatanatyam, dança clássica indiana por Barbara Malavoglia










Apresentação Cultural com Drica Ribeiro (Punya) e Eileen M. Cairoli
Drica Ribeiro (Punya) é professora de Yoga e meditação, terapeuta de acupuntura e mestre de Thai Yoga Massagem. Trabalha com artes corporais orientais desde 1998. E cantora, compositora e dançarina .Viajou pelo mundo, compartilhando seus conhecimentos sobre a saúde, arte e espiritualidade. Tendo o caminho da musicalidade desperto, desde a infância, conheceu sua mestre espiritual e líder humanitária Amma em 2011, na Índia e desde então, começou a cantar mantras. Se envolveu em inúmeros projetos humanitários e sociais, viajando pelo mundo e cantando mantras pela paz interna, mundial e o equilíbrio planetário. As fontes inspiradoras de suas composições foram a própria natureza, desde os rios amazônicos ao por do Sol em Kerala, na Índia, e convidam as pessoas a cultivarem a beleza e a sonoridade dos cantos ligados a natureza, aos belos sentimentos e ao despertar do amor e espiritualidade.

Eileen M. Cairoli é graduada em Design de Interiores pelo IED- SP e Matemática pela PUC-SP, encontrou na terapia holística o seu propósito de vida. Viajante e peregrina, morou na India por 8 meses, onde se formou instrutora de hatha Yoga. É Ativista sócio ambiental e inovadora. Está sempre aberta ao novo e tem a arte como uma de suas paixões. Busca no Autoconhecimento Viver em plenitude, auxiliando e incentivando seres humanos e animais em sua própria busca interior. Desenvolve método de karuna Reiki associado a terapia do som com instrumentos de quartzo. Seu lema é :
"Desperte-se para novas realidades no caminho do Autoconhecimento"









"Trópico da Saudade"
“Trópico da Saudade”

Trópico da Saudade refaz os liames entre a história e o mito através da memória do encontro entre Claude Lévi-Strauss e os Nambikwara em 1938. Os raros arquivos do antropólogo e sua voz-memória (de entrevistas antes de sua morte e de passagens poéticas de Tristes Tropiques narradas por Jean-Claude Carrière), nos levam ao coração de sua viagem à Amazônia. Setenta anos depois, Marcelo Fortaleza Flores enlaça o passado e o presente com imagens que ainda guardam a essência do que Lévi-Strauss viu e presenciou. Os momentos de alegria das crianças, a atitude natural -em público- sobre o amor, a expressão da ternura reservada aos pequenos e aos animais, a melancolia sonhadora dos olhares, a sagacidade de um jovem professor que utiliza a escrita para salvaguardar a identidade cultural, e de um xamã que utiliza o filme para nos recontar a história de seu povo, constituem os movimentos desta suspensão do tempo. As imagens então nos revelam que os índios também transformaram o encontro com Lévi-Strauss em um mito.









Celebração do Diwali (Festival das Luzes) com apresentação de Bharatanatyam por Barbara Malavoglia.
Bharatanatyam

é uma dança clássica de origem milenar. Nascida no estado de Tamil Nadu, sul da Índia, é uma dança que concentra e irradia a energia vital com seus gestos ritmados e sua geometria celeste. Suas principais características são a percussão dos pés no chão, a presença dos mudras [gestos das mãos] e das expressões do rosto para narrar poemas e mitos hindus. Ela é dançada em templos e festividades como oferenda aos deuses e como arte que ao mesmo tempo encanta e traz sabedoria aos humanos. Os mitos dançados carregam símbolos místicos que conforme contemplados se entrelaçam aos nossos corações. As esculturas que se transformam ritmicamente e o som dos sinos persistentes vão sutilmente afinando a energia de quem dança e de quem vê a dança com presença de espírito. Nessa apresentação serão dançados o mishra alarippu, dança do florescimento, que aquece as micro articulações do corpo num compasso de 7; o keertanam Shankara Shri Giri, que celebra Ananda Tandava, o deus Shiva dançando a alegria, o êxtase que ao mesmo tempo preenche e extravasa o coração; e por fim o Devi Tillana, uma dança de celebração, vitalidade e alegria, que ganha o espaço e expande o corpo em todas as direções e que descreve os atributos e belezas da Deusa em seus muitos nomes e manifestações.
PALESTRANTES
Sr. Amit Kumar Mishra é Cônsul Geral da Índia.

É um diplomata de carreira. Trabalhou como Cônsul Geral da Índia em Perth (Austrália) antes de assumir o cargo de Cônsul Geral da Índia em São Paulo em junho de 2019.

O Sr. Mishra ingressou no Serviço de Relações Exteriores da Índia em 2004 e serviu em missões diplomáticas indianas no Egito, Arábia Saudita, Afeganistão e na Austrália. Em seu trabalho no exterior, o Sr. Mishra lidou com questões políticas, comerciais, educacionais, culturais e da diáspora. De 2011 a 2014, trabalhou no Ministério das Relações Exteriores como subsecretário, lidando com as relações Índia-Estados Unidos.

O Sr. Mishra fez pós-graduação em botânica, tendo a biotecnologia como especialização. Ele fala hindi, inglês e árabe.

Ele é casado com a Sra. Meenakshi. Eles têm uma filha.
Sr. Amit Kumar Mishra
Dr. Jeevan Jose é graduado em Medicina Ayurveda e Cirurgia (B.A.M.S. - Bachelor in Ayurveda Medicine and Surgery) pelo Government Ayurveda College/Mahatma Gandhi University no Kerala (Índia), possui Pós-Graduação em Panchakarma pela Ayurveda Mahavidyalaya/Rajiv Gandhi University of Health Sciences em Karnataka (Índia), Pós-graduação em Aconselhamento e Terapia Familiar pela Indira Gandhi National Open University em Nova Delhi (Índia) e M.B.A. em Gestão de Recursos Humanos pela Alagappa University em Tamil Nadu (Índia). Médico Sênior do AVP (Arya Vaidya Pharmacy, Coimbatore). Diretor do AHET - Aashirwad Health and Ayurveda Trust e chefe das Atividades Acadêmicas do Hospital Saranya Ayurveda em Navakkarai, Tamil Nadu (Índia).
Dr. Jeevan Jose
Dr. Sergio Felipe de Oliveira é médico e mestre em Ciências (USP), pesquisador da glândula pineal humana, atua na área de saúde mental, psiquiatria, e síndromes cerebrais orgânicas, moléstias complexas de difícil diagnóstico com abordagem nos aspectos biopsicossociais e espirituais. Professor resp. pela disciplina Medicina e Espiritualidade para médicos graduandos USP (2007 a 2014); prof. do curso Teorias e Técnicas em Cuidados Integrativos da UNIFESP (Setor Inv. Doenças Neuromusculares) desde 2010; criador da disciplina Medicina e Espiritualidade na UFF; Conferencista da Harvard Medical School em 2018.
Dr. Sergio Felipe de Oliveira
Puja Kaushik é graduada em História pela Lady Shri Ram College da Universidade de Nova Delhi e Pós-graduação em Museologia pelo National Museum Institute de Nova Delhi, possui vasta experiência no campo da arte o qual percorre há mais de 18 anos, caminho que a ajudou a desenvolver uma apreciação da relevância da arte na sociedade. A experiência diversificada de trabalho com várias instituições, como museus, galerias de arte, casas de leilões, acadêmicos, colecionadores e conhecedores de arte a ajudou a desenvolver uma visão privilegiada com uma compreensão mais ampla do campo.
Puja Kaushik
Nininha Lacombe é formada em nutrição em 1993, Nininha Lacombe começou sua carreira como nutricionista no restaurante Arábia. Após uma temporada em Nova York, Estados Unidos, fazendo cursos de confeitaria, em 2000, fundou o ateliê Nininha Sigrist, bolos e festas de casamentos. Após 16 anos a frente de uma das maiores confeitarias do país, ela decidiu seguir um novo caminho. Em 2016, concluiu o curso de Health Coach pelo Institute Integrative Nutrition (IIN), onde aprofundou seu conhecimento em alimentação saudável e longevidade. Assim, para auxiliar pessoas a mudarem seus hábitos para um estilo de vida mais consciente, co-fundou com a modelo e empresária Camila Espinosa o projeto Alimentando a Alma, que promove aulas e atividades culinárias. No começo de 2018, Nininha montou a Small Acts, empresa que tem como objetivo promover uma alimentação saudável e descomplicada, oferecendo consultoria a pessoas, restaurantes e marcas. Nininha também é formada em Ayurveda pela Escola Yoga Brahma Vidyalaya e em Chakras & Systems Whole Detox & The Rainbow Diet ministrado pela Deanna Minich .PhD.
Nininha Lacombe
Marcelo Fortaleza Flores é bacharel em Música e Antropologia pelo Bennington College, EUA (1989); pós-graduação em "Culture and Media" (filme etnográfico, "Cinema Studies", 1997), mestre em Antropologia (1997), mestre em Filosofia (1998) e doutor em Antropologia (2000) pela Universidade de Nova York - EUA; é membro associado da Équipe de Recherche et Enseignement Américaniste (EREA) do Laboratoire d'Ethnologie et Sociologie (LESC) da Universidade de Paris X - Nanterre, laboratório filiado ao CNRS (Conseil Nationale de la Recherche Scientifique - França). Foi professor nos Estados Unidos (Hofstra University, 1999-2004). Na França foi professor visitante da Universidade de Paris III - Sorbonne Nouvelle no IHEAL (Institut dês Hautes Études de l'Amérique Latine); Directeur de Recherche do CNRS (2006); e professor da American University in Paris (2007-2010). Realiza pesquisas na Amazônia desde 1986, tendo residido entre os Nambikwara (5 anos e meio entre 1986-1988 e 1992-1996) e mais recentemente através de frequentes intervenções e projetos de antropologia aplicada com os Waurá do Alto Xingu (entre 2000 e 2015). Seus estudos e publicações enfocam a música, o ritual, a língua, o sistema social, os nomes pessoais e a identidade, bem como a cosmologia indígena. É cineasta e fotógrafo, tendo adotado um heterônimo em seu trabalho artístico. Realizou exposições fotográficas e publicou fotografia no Brasil, na França (Nationale Géographique) e na África. Realizou filmes entre os Erikbaktsa e Nambikwara, notadamente Trópico da Saudade (2009) com a participação de Claude Lévi-Strauss e Jean-Claude Carrière (TV Cultura, TV Brasil, France 5, TV 5). Instrui os Waurá através de cursos profissionais de capacitação em fotografia, vídeo e Internet (os homens desde 2002 e as mulheres desde 2009). Como produtor, foi um dos sócios fundadores da Senaya Filmes (2011), empresa especializada em pesquisa e produção de conteúdo cultural para o cinema e a televisão, e realizou projetos para a NETFLIX, Sundance Channel (EUA), para a BBC (Inglaterra), a ARTE e TF1 (França), a SBS (Austrália), e no Brasil, para a Globosat e a Rede Globo (Globo Repórter).
Marcelo Fortaleza Flores
Eliana Rodrigues possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1991), mestrado em Geografia Física pela Universidade de São Paulo (1997), doutorado e pós-doutorado em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo (2001 e 2010). Atualmente é Professor Associado III da Universidade Federal de São Paulo - Campus Diadema onde coordena as atividades do Centro de Estudos Etnobotânicos e Etnofarmacológicos (CEE). É orientadora permanente do Programa em Biologia Química da UNIFESP e tutora do Programa PET-Ciências Biológicas da mesma universidade. É Assessora "ad hoc" da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e parecerista de diversas revistas nacionais e estrangeiras. Entre 1994 e 2001 realizou seis levantamentos etnobotânicos e/ou etnofarmacológicos entre diversas culturas e em diferentes biomas brasileiros. Desenvolve projetos na área de plantas e animais utilizados com fins alimentares, medicinais e/ou tóxicos por culturas do passado e do presente; seja para incrementar o entendimento da relação homem x natureza, quanto para a indicação de potenciais bioativos e avaliação dos riscos à saúde pública envolvidos no seu uso. Desenvolveu ainda projetos na área de zoofarmacognosia, buscando maior entendimento na relação entre primatas e as plantas medicinais. Atualmente tem dedicado estudos na área de uso e manejo tradicional, na perspectiva da etnobotância participativa.
Eliana Rodrigues
Rafaela Vargas é psicóloga, antropóloga, atriz e produtora de cinema; mestre em Ciências Sociais (Sociedades Contemporâneas: Estudos Latino-americanos) pela Université de Paris 3 – Sorbonne Nouvelle; e, mestre em Ciências Sociais (Etnologia e Antropologia Social) pela EHESS – École des Hautes Études en Sciences Sociales em Paris – FRANÇA. Desenvolve pesquisas em Antropologia da Dança, do Teatro e da Performance sobre diversas culturas, além das indígenas amazônicas, algumas da Índia (Teatro Kathakali e Dança Cigana Kalbelya), Japão (Noh e Butoh), Espanha (Flamenco) e algumas da cultura Afro-brasileira (Danças dos Orixás). Seu mestrado em Etnologia uniu áreas como Antropologia do Gênero, Performance Ritual e Xamanismo; e, teve como tema as transformações sociais de um ciclo ritual de danças e cantos femininos entre os Wauja do alto Xingu. Desde 2006 faz pesquisas entre os povos indígenas. Trabalhou com os Xavante, em 2006, junto à FUNASA na prevenção e no tratamento do uso de álcool e outras drogas. Começa então suas pesquisas em antropologia da doença e da saúde, bem como sobre a psicologia transcultural. Em 2007 foi convidada pela Associação Halitinã, do povo Paresí para fazer o mesmo trabalho. Em 2008 foi trabalhar no PSF – Programa de Saúde da Família, como Psicóloga Social, com 36 comunidades ribeirinhas no Pantanal mato-grossense. Em 2009 foi morar no Xingu com os Wauja para fazer sua pesquisa de campo e desde então volta à comunidade todos os anos. Hoje direciona sua pesquisa às práticas terapêuticas tradicionais dentro do xamanismo feminino. Desde 2017 vêm também estudando as práticas terapêuticas do xamanismo Ashaninka.

Trabalha atualmente como psicóloga clínica utilizando as abordagens da etnopsicanálise ou psicologia transcultural e como terapeuta, fora do espaço da clínica, utilizando as abordagens da ecopsicologia e das práticas e concepções filosóficas do xamanismo amazônico.
Rafaela Vargas
Regiane Wagner é praticante de Yoga há 14 anos. Atualmente tem como prática pessoal o método Ashtanga Vinyasa Yoga. Tem formação em Hatha Vinyasa Yoga, estudos de aprofundamento em Ashtanga Vinyasa Yoga e concluiu 300h de formação em Hatha Yoga com o professor Pedro Kupfer. Atualmente também estuda Terapia Ayurveda e é iniciada em Reiki II. Preza pela apresentação do conhecimento tradicional do Yoga em suas aulas, o cuidado com o corpo e a possibilidade de adaptação das posturas ao praticante. Pensa que Yoga é uma ferramenta para o reconhecimento de nossa totalidade e libertação do sofrimento.
Regiane Wagner
Silvana Duarte é criadora – intérprete de dança, atriz e coreógrafa. Formou-se em balé clássico, moderno e reeducação do movimento. Iniciou a prática de Yoga ainda na adolescência se formando posteriormente em Hatha Yoga. Em 1995 passou a dedicar-se exclusivamente ao estudo e à prática da dança – teatro clássico, em sistema Gurukula no sul da Índia. Formou-se no estilo pelas melhores escolas da Índia e encontrou nessa arte sua melhor forma de praticar Yoga. É diretora artística do Padmaa – Arte e Cultura, iniciativa para formação na arte Odissi; e professora sênior do Centro Cultural Swami Vivekananda, do Consulado Geral da Índia em São Paulo. Juntamente com a Associação Palas Athena, representação da UNESCO no Brasil, desenvolve programas artísticos para o Comitê da Cultura de Paz em São Paulo.
Silvana Duarte
Luiza Hiromi Tanaka possui graduação em Enfermagem pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1980), especialização em administração de serviços de saúde e hospitalar pela Faculdade de Saúde Pública da USP (1991), Mestrado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP (2001); Doutorado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da USP (2008) e Pós-doutorado no Programa de Enfermagem da UNIFESP (2016). Atuou na coordenação do setor de educação continuada (2003-2007) e assistencial (2008-2012) da diretoria de enfermagem da Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina - HU da UNIFESP Hospital São Paulo. Atualmente, Professora Afiliada e professor orientador do Programa de Pós-Graduação de Enfermagem da Escola Paulista de Enfermagem da Universidade Federal de São Paulo. Prestadora de serviços na empresa Neuroconecte – Educação emocional e Instrutora de práticas atencionais pela Associação Palas Athena e professora acreditada pela Breathworks (Inglaterra) e Respira Vida Breathworks (Espanha) para ministrar os Programas MBPM de Mindfulness e compaixão para e saúde e estresse. Ministra cursos de Mindfulness no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), na Associação Palas Athena, no Espaço Saúde Personalizada, na Associação Brasileira de Enfermagem – seção São Paulo, funcionários do Hospital São Paulo, estudantes da UNIFESP Campus Vila Clementino, entre outros. Foi tutora da Liga acadêmica de saúde e espiritualidade da UNIFESP. Professora responsável pela disciplina eletiva Práticas de atenção para saúde integral: base na neurociência e espiritualidade.
Luiza Hiromi Tanaka
Dra. Heloisa Franchi é Medica e Naturóloga, com pós graduação em Nutrição Clinica e formação em Avaliação Metabólica e Nutricional. Atuou com Medicina de Família no SUS em SP e atende em consultório com foco em Medicina do Estilo de Vida sob a visão do Ayurveda . Dedica-se aos estudos da Medicina Integrativa e do Ayurveda desde 2003 e exerce a Medicina que valoriza as peculiaridades e que individualiza o diagnóstico e o tratamento .

Formada na Escola Yoga Brahma Vidyalaya, com extensão em Perfect Pregnancy Program e Marmaterapia, na Internacional Academy of Ayurveda, em Kayachikitsa e Panchakarma pela Tejomay Ayurved e em Saúde da Mulher com a Ayurvedacharya Sonali Shinde - Pune – India

Professora de Ayurveda na Escola Yoga Brahma Vidyalaya e na Residência Multiprofissional em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde – SUS e coordenadora do Grupo de “Educação Ayurvédica em Saúde da Mulher”, no Programa Vida e Terapia - Práticas Integrativas e Complementares do Hospital Servidor Publico Municipal de São Paulo.
Dra. Heloisa Franchi
Simone Takuá é filha de mulher indígena e pai italiano, nasceu e foi criada na aldeia dentro da cultura GUARANI MBYA. Durante toda sua vida teve passagem por diversas aldeias em alguns estados brasileiros. No Mato Grosso viveu juntamente com o povo (parentes) NAMBIKUARA e foi muito marcante em sua vida pois alí ela passou pelos rituais da puberdade dentro da cultura nambikuara. Aprendeu também com o povo Guarani Mbya e com o povo Tupi Guarani sobre os cuidados com os ciclos femininos.

Hoje Takuá tem 33 anos, é professora indígena, artesã, faz parte do Flora Tupi que é uma cooperativa familiar onde realiza um lindo trabalho de sustentabilidade familiar com a confecção de fitoterápicos, vive na aldeia Piaçaguera, mãe de 6 filhos, carrega dentro de si o aprendizado de muitas mulheres indígenas.

Coordenadora da Organização das Mulheres Indígenas do Acre, Sul da Amazônia e Noroeste de Rondônia – SITOAKORE
Simone Takuá
Paul Hersch Martínez é mexicano, formado em medicina pela Universidade Metropolitana Autônoma. Diploma em Fitoterapia Clínica pela Universidade de Montpellier (França) e Doutor em Ciências Sociais e Saúde pela Universidade de Barcelona. Pesquisador sênior na área de Antropologia Médica e Etnobotânica do Instituto Nacional de Antropologia e História, cujo Museu de Medicina Tradicional e Herbal é curador. Membro do SIN nível II, ele é membro da Academia Nacional de Ciências Farmacêuticas e da Sociedade Mexicana de Fitoterapia Clínica, em colaboração com a Sociedade Francesa de Endobiogênese e Medicina. Atualmente, ele está coordenando o projeto "Atores sociais da flora medicinal no México". Ele publicou os livros Introdução à Medicina Social e Saúde Pública, juntamente com o Dr. Fernando Mora (1985 e 1990), "Destino Común". "Los recolectores y su flora medicinal" (1996 e 1999) e "Plantas Medicinales: relato de uma posibilidad" (2000), além de vários capítulos em livros e artigos de pesquisa.

Eixos de pesquisa: Está interessado em entidades nosológicas e epidemiologia sociocultural, na história social da terapêutica, bem como nos atores sociais da flora medicinal no México.
Dr. Paul Hersch Martínez
Vitória Falcão é Nutricionista Clínica e Esportiva, responsável pelo Instituto Takassi Falcão. Aprimorada em Medicina Chinesa, Nutrição Ayurvedica e Transtornos Alimentares. Trabalha com uma linha de nutrição funcional, pregando sempre o consumo de alimentos fresco e naturais, com comida de verdade e levando em conta a energia e vibração da comida, do momento e do ato de se alimentar. Gosta de orientar as pessoas sobre o impacto da alimentação saudável no equilíbrio físico, mental e espiritual, trazendo o equilíbrio para dentro do prato e também no bem estar social.
Vitória Falcão
Dr. José Martins Medeiros Jr. é médico graduado pela Universidade Federal do Pará

Residência em Oftalmologia no CEPOA –RJ e Instituto de Patologia da Córnea da Cruz Vermelha Brasileira - RJ

Especialista em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia e AMB

Especialização em Nutrologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Sta.Casa – SP

Pós graduação em Terapia Vibracional Quântica – UNINTER

Palestrante de workshops Fisioquantic no Brasil

Membro Honorário da Sociedade Brasileira de Saúde Quântica

Diretor Clínico na Clínica Especializada de Oftalmologistas Associados - SP
Dr. José Medeiros Jr.
Dr. Ricardo Balsimelli é médico com Residência Médica em Acupuntura pela UNIFESP/EPM Especialização em Ayurveda, Kayachikitsa e Dravya Guna pela Escola Brahma Vidyalaya. Estágio no Men Tsee Kan - Hospital de Medicina e Astrologia Tibetana Dharamshala/Índia. Pós Graduação em Medicina Ortomolecular pela FAPES.
Dr. Ricardo Balsimelli
Dra. Sofia Mendonça é Médica Sanitarista, Mestre em Antropologia, Doutoranda em Saúde Coletiva pela Unifesp. Trabalha com saúde indígena desde 1981.

Coordenadora do Projeto Xingu

Programa de Extensão Universitária

Departamento de Medicina Preventiva

Escola Paulista de Medicina

Universidade Federal de São Paulo – Unifesp.
Dra. Sofia Mendonça
Varsha R. Solanki é Graduada em Medicina Ayurveda e Cirurgia (B.A.M.S. - Bachelor in Ayurveda Medicine and Surgery), possui Pós-graduação em Dravya Guna Vigyan (Farmacologia Ayurvédica). Professora e Chefe do departamento de Dravyaguna

Ex-diretorA do programa, Escola Universitária de Educação Continuada de Ayurveda da Gujarat Ayurved University, Jamnagar.

Atualmente é docente e chefe do departamento de Dravyaguna no Shri Gulabkunvarba Ayurved Mahavidhyalaya, Gujarat Ayurved University, Jamnagar
Varsha R. Solanki
Catarina Delfina dos Santos (Nimbopyruá) nasceu no dia 25 de novembro de 1950 na Aldeia Bananal no Vale do Paraíba - SP

Tem 4 filhos. Formada em Pedagogia Intercultural na USP.

Hoje é líder espiritual na Aldeia Tapirema e também trabalha com ervas da floresta.

Moã Ka'agwyguigua
Catarina Nimbopyruá
EXPOSITORES
Para ser um expositor, entre em contato: expositores@elaayurveda.com.br
VEGGIEVEG
- FESTIVAL DE GASTRONOMIA VEGETARIANA E VEGANA DO ELAA -

Vamos reunir por três dias restaurantes e culinaristas que produzem comida artesanal natural com Amor e Respeito

A ENTRADA DO VEGGIEVEG É GRATUITA
Regina Costa é Terapeuta Holística e cozinheira apaixonada com foco na alimentação vegetariana e crudivora. Com anos de vivência direto na terra e em comunidades intencionais, trabalha o alimento como conexão profunda entre o ser e o sagrado, o ser e a natureza, atuando na cozinha intuitivamente trazendo o conceito da nutrição energética.

Criou a empresa Minha Roça e Atma Massala, que elabora produtos ligados à nutrição Ayurvédica, como Ghee, Chutneys e Massalas. Facilitadora de processos DETOX não só através dos alimentos e do corpo físico, mas dos corpos emocionais e energéticos.
Regina Costa
Vitória Falcão é Nutricionista Clínica e Esportiva, responsável pelo Instituto Takassi Falcão. Aprimorada em Medicina Chinesa, Nutrição Ayurvedica e Transtornos Alimentares. Trabalha com uma linha de nutrição funcional, pregando sempre o consumo de alimentos fresco e naturais, com comida de verdade e levando em conta a energia e vibração da comida, do momento e do ato de se alimentar. Gosta de orientar as pessoas sobre o impacto da alimentação saudável no equilíbrio físico, mental e espiritual, trazendo o equilíbrio para dentro do prato e também no bem estar social.
Vitória Falcão
Nininha Lacombe é formada em nutrição em 1993, Nininha Lacombe começou sua carreira como nutricionista no restaurante Arábia. Após uma temporada em Nova York, Estados Unidos, fazendo cursos de confeitaria, em 2000, fundou o ateliê Nininha Sigrist, bolos e festas de casamentos. Após 16 anos a frente de uma das maiores confeitarias do país, ela decidiu seguir um novo caminho. Em 2016, concluiu o curso de Health Coach pelo Institute Integrative Nutrition (IIN), onde aprofundou seu conhecimento em alimentação saudável e longevidade. Assim, para auxiliar pessoas a mudarem seus hábitos para um estilo de vida mais consciente, co-fundou com a modelo e empresária Camila Espinosa o projeto Alimentando a Alma, que promove aulas e atividades culinárias. No começo de 2018, Nininha montou a Small Acts, empresa que tem como objetivo promover uma alimentação saudável e descomplicada, oferecendo consultoria a pessoas, restaurantes e marcas. Nininha também é formada em Ayurveda pela Escola Yoga Brahma Vidyalaya e em Chakras & Systems Whole Detox & The Rainbow Diet ministrado pela Deanna Minich .PhD.
Nininha Lacombe
Vanessa Ary
Vanessa Ary
26/10 - 11h00 - Receitas com Kombucha com Regina Costa
26/10 - 15h00 - Brownie de Banana com Vitória Falcão
27/10 - 15h00 - Molho de Inhame com Nininha Lacombe
27/10 - 16h30 - Brigadeiro Saudável com Vanessa Ary
MAPA
Baixe aqui o PDF com informações sobre hospedagem, restaurantes e turismo em São Paulo:
INSCRIÇÃO
ELAA 2019
ENCONTRO LATINO-AMERICANO DE AYURVEDA
INSCREVA-SE
O Encontro oferece Certificado Digital de participação
GALERIA DE FOTOS
PATROCINADORES
APOIADORES
CONTATO
Para entrar em contato conosco, envie um email para:
contato@elaayurveda.com.br

Se você é um expositor e deseja entrar em contato, favor enviar um email para:
expositores@elaayurveda.com.br


Valle da Mídia Assessoria de Comunicação e Imprensa
Christian - (11) 99904-6632
valledamidia@valledamidia.com.br
MARGARETE MOTA (Organização e Realização)

A inquietude de Margarete Mota por descobrir que havia além das fronteiras de seu país a levou à Índia pela primeira vez aos 20 anos de idade, país com o qual sente profunda conexão. E em abril deste ano, regressou de sua vigésima quarta viagem a esse país. Viveu na Venezuela, Argentina, Suécia, Índia, Grécia e já visitou dezenas de outros países, como voluntária em programas de serviço social. Seu interesse e paixão pelo Ayurveda começou quando visitou a Índia pela primeira vez em 1986 e adoeceu. Ao receber tratamento ayurvédico, se encantou com a eficiência e simplicidade dessa medicina milenar. Decidiu, assim, estudar essa arte de cura e compartilhá-la com o mundo. Bacharel em Naturologia pela Universidade Anhembi Morumbi, de São Paulo e Terapeuta Ayurveda pela Escola Yoga Brahma Vidyalaya/Ciymam; e Cursos Avançados diversos de Ayurveda na Índia como Easy Panchakarmas - International Academy of Ayurved, em Pune, Índia; Curso Avançado de Ayurveda na Índia - Arya Vaidya Pharmacy; Métodos Avançados em Ayurveda e Panchakarma – School of Ayurveda and Panchakarma, em Kannur. Também realizou Curso de Beleza Ayurvédica com a Dra. Varsha Santhosh e Seminário Avançado de Ayurveda: Compreendendo o Ayurveda à Luz do Tattvabodhah e do Astanga Hrdaya, ambos no Instituto Naradeva Shala, em São Paulo; e Curso Intensivo de Astanga Hridaya com o Dr. Ram Manohar (Amrita School of Ayurveda – Kerala, Índia), em Rosário, Argentina. Margarete assina ainda, como Diretora, Produtora e Co-Roteirista, o documentário “Ayurveda, A Cura Possível” realizado em 2016 com recursos próprios e finalizado com recursos obtidos em campanha de crowdfunding na Kickante.
ELA AYURVEDA - Todos os direitos reservados - 2019 - Desenvolvido por CONTRA3